Marilyn Monroe e Montgomery Clift: A melancolia na tela ou a prata da tela prateada

Flávia Trocoli e João Camillo Penna

Disciplina optativa. 2017.2; terça-feira: 14:00 h – 15:40h

Sala: F-104 (Prédio da Faculdade de Letras, UFRJ).

Ementa: A ideia deste curso surgiu das fotos não-retocadas de Marilyn Monroe tiradas pelo fotógrafo Bert Stern, em sua última sessão de fotos, poucas semanas antes de sua morte, e que incluem algumas fotos em que aparece de modo, ao mesmo tempo, discreto e proeminente, a cicatriz de uma operação de vesícula a que a atriz havia sido submetida um pouco antes. O que dizer sobre a dialética evidenciada ali entre superfície e profundidade, beleza e degradação, ferida e cicatriz, imagem e vazio, ser desejada e ser abandonada? Neste curso tratar-se-á de investigar os caminhos e descaminhos da melancolia, tal qual se espelha na vida e imagem, na vida posta em imagem e o que nela permanece como resto inexpressivo, de dois atores hollywoodianos da fase áurea do cinema norte-americano: Marilyn Monroe e Montgomery-Clift. Capturar neles, nos personagens, nos dramas vividos por eles na tela, e em seus duplos, o brilho antes que ele se transforme na grande noite. Por uma coincidência, que não deve ser uma, eles contracenaram no último filme de Marilyn (Os desajustados). Por uma coincidência que não deve ser uma, Montgomery Clift, foi escolhido por John Huston para representar o papel de Freud, em Freud, além da alma, baseado em roteiro renegado de Jean-Paul Sartre, juntando de modo indissolúvel os destinos da psicanálise e do cinema. É a partir desse brilho que ainda irradia e nos atinge, a partir dessas vidas em imagem, e o que nelas resiste a ser posto em imagem, que o curso se propõe a pensar a trajetória da melancolia entre cinema e psicanálise.

Cronograma

Semana 1 – 1o de agosto. Cinema e psicanálise. Exposição do projeto do curso.

8 de agosto – Não haverá aula.

Semana 2 – 15 de agosto. Corpo e morte. Leituras: “Corpo de estrela e sex machine – sobre a estética do glamour”, de Serge Margel; As estrelas, de Edgar Morin [versão em inglês: Stars].

Semana 3 – 22 de agosto. Leitura: “Luto e Melancolia”, (trad. Hanns) de Sigmund Freud.

Semana 4 – 29 de agosto. A melancolia da estrela. Filme: O Crepúsculo dos deuses de Billy Wilder.

5 de setembro – Não haverá aula (Congresso da Faculdade de Letras).

12 de setembro – Não haverá aula.

Semana 5 – 19 de setembro. A cicatriz e a flor negra. Leitura: “As ninfeias ou uma surpresa de uma alvorada de verão”, de Gaston Bachelard. Diante de algumas fotos da última sessão de fotos de Marilyn Monroe.

Semana 6 – 26 de setembro. Estrela no espelho. Leitura: “O estádio do espelho como formador da função do eu” de Jacques Lacan.

Semana 7 – 3 de outubro. Rosto desfigurado, rosto perdido. Filmes: Um lugar ao sol, de George Stevens e De repente, no último verão, de Joseph Mankiewicz.

Semana 8 – 10 de outubro. Garganta, umbigo, buraco. Filme: Freud, além da alma, de John Huston. Leituras: “Sonho da injeção de Irma” (Capítulo II de A interpretação dos sonhos) de Freud; um caso de Estudos sobre a histeria, Sigmund de Freud e Joseph Breuer.

17 de outubro – Não haverá aula. (Seminário de Pós-Graduação).

23 de outubro – Não haverá aula. (Jornada de Iniciação Científica).

Semana 9 – 31 de outubro. Filme: Niagara (Torrentes de paixão), de John Hataway.

Semana 10 – 7 de novembro. Pornografia e cinema. A “boneca estúpida” (Norman Mailer). Leitura: Aulas do seminário 11, Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise, de Jacques Lacan (objeto pequeno a).

Semana 11 – 14 de novembro. A falta da falta. Leitura: Aulas do seminário 10, A angústia, de Jacques Lacan.

Semana 12 – 21 de novembro.Desmontagem do corpo em cena. Leitura: “Uma criança é espancada”, de Sigmund Freud.

Semana 13 – 28 de novembro. Filme: Os Desajustados, de John Huston.

Semana 14 – 5 de dezembro. Conclusão do curso.

Bibliografia:

Bachelard, Gaston. “As ninfeias ou as surpresas de uma alvorada de verão”. In: O direito de sonhar. Tradução: José Américo Pessanha et alii. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, s.a., 1994.

Freud, Sigmund. Capítulo II. O método de interpretação dos sonhos: análise de um sonho modelo. In: A interpretação dos sonhos. Rio de Janeiro: Imago, s/d.

_____________.“Luto e melancolia”. In: Escritos sobre a psicologia do inconsciente, vol. II. Coordenação de tradução: Luiz Alberto Hanns. Rio de Janeiro: Imago, 2006.

_____________. Luto e melancolia. Tradução, introdução e notas: Marilene Carone. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

____________. “Uma criança é espancada”. In: Obras Completas. Vol. XVII. Rio de Janeiro: Imago.

Lacan, Jacques. Aulas escolhidas do Seminário 10. A Angústia. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.

___________. Aulas escolhidas so Seminário 11. Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise. Trad. M. D Magno. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1988.

____________.“O estádio do espelho como formador da função do eu”. In: Escritos. Tradução: Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed, 1998.

Mailer, Norman. Marilyn. Tradução: Alessandra Bonrruquer. Rio de Janeiro/São Paulo: Editora Record, 2013.

Margel, Serge. “Corpo de estrela e sex machine – sobre a estética do glamour”. O Mutum – Revista de literatura e pensamento. Brasília, UnB, n. 1, jan-jul. 2013.

Miner, John. Transcript of Monroe’s tape. [Transcrição suposta das fitas gravadas por Marilyn para seu psicanalista Ralph Greenson.]

Morin, Edgard. As estrelas. Mito e sedução no cinema. Tradução: Luciano Trigo. Rio de Janeiro, José Olympio editora, 1989.

Sartre, Jean Paul. The Freud Scenario. Tradução: Quintin Hoare. Londres: Verso, 1985.

Schneider, Michel. Marilyn últimas sessões. Tradução: Vera Lúcia dos Reis. São Paulo: Alfaguara, 2008.

Sollers, Philippe. Marilyn ou la suicidée du spectacle. (Com uma entrevista com Michel Schneider).

Filmografia:

Hathaway, Henry. Torrentes de paixão (Niagara, 1953).

Houston, John. Os desajustados (The Misfits, 1961).

___________. Freud além da alma (Freud: The Secret Passion, 1962).

Mankiewicz, Joseph. De repente, no último verão (Suddenly, Last Summer, 1959).

Stevens, George. Um lugar ao sol (A place in the Sun, 1951).

Wilder, Billy. Crepúsculo dos deuses (Sunset Boulevard, 1950).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s